"Não existem fins, existem meios. Eu sempre penso em começos, nunca em fins."
Renato Russo.
"Não quero redescobrir a minha verdade, se ela me parece tão mais minha, quando é nossa."
— Sandy Leah / Tati Bernardi.

Dar-te-ei.

Não te darei flores, não te darei, elas murcham, elas morrem.
Não te darei presentes, não te darei, pois envelhecem e se desbotam.
Não te darei bombons, não te darei, eles acabam, eles derretem.
Não te darei festas, não te darei, elas terminam, elas choram, elas se vão.

Dar-te-ei finalmente os beijos meus.
Deixarei que esses lábios sejam meus, sejam teus.
Esses embalam… esses secam… mas esses ficam.

Não te darei bichinhos, não te darei, pois eles querem, eles comem.
Não te darei papéis, não te darei, esses rasgam, esses borram.
Não te darei discos, não, eles repetem, eles arranham.
Não te darei casacos, não te darei, nem essas coisas que te resguardam e que se vão.

Dar-te-ei a mim mesmo agora.
E serei mais que alguém que vai correndo pro fim.
Esse morre… envelhece… acaba e chora… ama e quer… desespera… esse vai… mas esse volta.

"E a cada ponto final a história vai repetir. A gente é mais que um plural e a vida é muito mais."
— Marcelo Jeneci
"Terminamos tudo para sempre, outra vez."
Charles Bukowski. (via tajmahhal)

(Fonte: segredou)


(Fonte: g-uys)

(Fonte: be-sex)

(Fonte: JUST-FRIEND)

Dear John
Pedaços de um cérebro manchado de vinho
  FAVORITOS